"Faremos promessas de nos encontrar mais vezes daquele dia em diante. Por fim, cada um vai para o seu lado para continuar a viver a sua vidinha isolada do passado...e nos perderemos no tempo... Por isso, fica aqui um pedido deste humilde amigo : não deixes que a vida passe em branco, e que pequenas adversidades sejam a causa de grandes tempestades... Eu poderia suportar, embora não sem dor, que tivessem morrido todos os meus amores...mas enlouqueceria se morressem todos os meus amigos !" - Vinicius de Moraes



quarta-feira, 16 de fevereiro de 2011

Inferno

Inferno, segundo a Wikipédia :  "A palavra inferno, que hoje conhecemos, origina-se da palavra latina pré-cristã inferus "lugares baixos", infernus.[1] Na Bíblia latina, a palavra é usada para representar o termo hebraico Seol e os termos gregos Hades e Geena, sem distinção. A maioria das versões em idioma Português seguem o latim, e eles não fazem distinção do original hebraico ou grego."

No dicionário temos : s.m(o) 1. Segundo o cristianismo, habitação dos demônios e lugar destinado ao suplicio eterno das almas pecadoras. 2. Fig. Coisa extremamente desagradável, que só causa desgostos. 3. Fig. Ambiente em que reina a discórdia e a confusão. 4. Fig. Tormento. martírio.


Na vida real , inferno é onde eu vivo atualmente , mas não digo aqui de local ou estabelecimento, não. O inferno está aqui dentro de mim , criando confusões em cima de confusões , obscurecendo meus olhos , perturbando minha vida e me deixando em perigo, me deixando em dúvidas , me deixando em meio a incertezas , me fazendo imaginar coisas impossíveis, me fazendo buscar por sonhos intermináveis e que, talvez sejam tão melhores em sonho que na própria realidade. Inferno é querer sem realizar , inferno é sofrer mesmo sem ter a certeza de nada , inferno é não ter garantia nenhuma , é mergulhar no escuro , é se jogar do alto como um suicida kamikase a se atirar do avião em movimento , é sofrer por aquilo que ainda não se viveu e nem se sabe se irá mesmo viver e nem se tem a garantia de que se viver será mesmo tudo isso e tanto assim como o esperado.


A luta interior é intensa e os dois cavalos correm juntos lado a lado : o cavalo negro da razão e o cavalo branco da emoção disputam o páreo e se revezam entre as posições. Ora o branco está na frente e toda a emoção se irrompe de mim como a um castelo lindo, enfeitado que se desenha dos contos de fadas , ilusões de uma mente tão criativa e fantasiosa...ora o negro desponta e a razão segue em disparada , desalinhada trazendo à tona a realidade e me fazendo enxergar tudo o que trago em minhas mãos e apenas desejo jogar para o alto, como se solta uma pomba da paz e a deixa ser livre e voar para sempre. Talvez essa pomba seja, algumas vezes , meu coração sonhador querendo voar , querendo ser livre, nem eu sei nada, nem tenho certeza de nada.


E sabe quando nos sentimos ali com o tubo da pasta de dentes nas mãos, espremendo o finalzinho para aproveitarmos o último sabor do creme antes de jogarmos o tubo fora ? Pois é... é como me sinto na atualidade. Como se minha vida fosse esse tubinho de pasta e eu estivesse apertando para sorver o seu último minuto de creme, até que renove o tubo e comece tudo outra vez. É uma analogia bem parca essa, reconheço, mas é a que mais chega perto desse inferno que me move numa descrição concreta do que temos hoje aqui... E digo mais : esse inferno sem chamas queima sozinho e se alimenta de minhas esperanças, de minhas lembranças, de minhas ilusões nada suaves e de mim mesma.


Eu sou o combustível que inflama essa minha vida doida de sempre , fazendo outra própria analogia : eu sou aquela que tenta destruir a si mesma e tenta se reconstruir a todo instante em meio a suas loucuras e devaneios tortos de uma mente insana que nem mesmo consegue saber e entender o que quer , eu sou meu algoz , eu sou o anjo mau que habita em meu ser.

P.S : Bem lembrado , Vel , mas meu inferno astral só começa daqui a cinco dias, dia 21...rs

12 comentários:

O Divã Dellas disse...

Van...
Ontem eu disse oara Deus em oração: "Pai, tudo qeu eu preciso é de paz aqui dentro de mim. Pra acalmar essa confusão que me consome."
Rsrsrs
Beijos,
Fica bem.
Cinthya
http://odivaadellas.blogspot.com

Albuq disse...

Acredito que a gente é céu e inferno, dependendo da situação. bjsssssss

Lygia disse...

tenha calma e tudo se resolverá!

Dave disse...

Somos nós quem construímos nosso inferno e incendiamos o nosso ser, assim definindo quanto de chamas e quão quente e perturbador o mesmo será.

Julliany kotona disse...

Amei seu blog,gostei tanto que resolvi fica por aqui to te seguindo bjos;*

O Divã Dellas disse...

Vixi Van,

Vc sabia que todo mundo tem um periodo chamado inferno-astral?

Mas, sinceramente eu acho que o que prevalece é aquilo que você alimenta. Quando você fala em inferno interno me dá uma angustia. Segundo a bíblia o nosso corpo é templo do espírito santo. Dentro de mim só deixo coisas boas, muda esse repertório, gata. Vc é tão maior que tudo isso de ruim que tenta te consumir.
Melhore!

Beijos!!!

Verônica

dear sarah disse...

Ai céus minha linda, me preocupei com você. Mas ao mesmo tempo te entendi completamente.
Comigo já aconteceu tanto isso, de eu me pegar num "inferno" a ponto de achar que não ia suportar.
Mas sempre tive um guia que me pegava pela mão quando eu me sentia mais no fundo do poço, abandonada por todos.
Queria poder ter mãos para levantar essas pessoas amadas assim como você.

O ser humano tende a passar por isso, é inevitável. Mas somos totalmente capazes de sair desse inferno e viver num céu onde pisamos em nuvens macias.

Se precisar, ó eu aqui.
Beijos e cheiros.

CARLA STOPA disse...

"Cada um sabe a dor e a delícia de ser o que é..."

Naty Santos disse...

Isso acontece com todos nós, o que diferencia é a forma que agimos, é o caminho q escolhermos seguir. Fé em Deus!! Seguindo! beijos.

Borboleta no Casulo disse...

Ah minha grande amiga, nd que um bom tempo não resolva!
Bjs

Will Lukazi disse...

Me lembro de uma época exatamente assim. Cheio de crises existenciais e dúvidas pontiagudas.Foi a época que descobri que eu podia escrever o que eu sentia, talvez tenha sido minha válvula de escape, pois me sentia melhor depois de registrar tudo em algum papel, depois de ler umas 3 ou 4 vezes o que eu havia escrito. Era como se eu estivesse lendo uma fábula mesmo sabendo que era minha própria estória. Já pronunciei nomes que não se devem dizê-los, já fiz coisas que achei que não tinha coragem e coisas que eu nunca pensei que iria fazer. Tomei algumas atitudes que eu reprovava e assim era todos os dias. Mas quer saber de uma coisa? Não me lembro qdo , mas em certo momento eu parei e pensei '' mas foi isso tudo que fez de mim o que eu sou...e pra ser sincero eu tenho orgulho de mim, desse pedaço de aço e papel que me transformei. Hoje acho até que sou doido, pois qdo mais F... for a situação mais eu ô dando risada de mim. Talvez seja meu jeito de dizer : e agora gostosão o que vai fazer ? Vc não é aquele que escapa de tudo? e agora?
E por incrivel que pareça nesse mesmo momento em que me faço todas essas perguntas imaginárias, só de raiva e despeito eu arrumo um jeito de me safar.
E o resto sim eu quero que vá para o IN-FER-NO !

bj van ( não soltarei mais a tua mão)

dear sarah disse...

Minha Van querida, fofa e maravilhosa.
Como está?!

Tenha uma ótima quinta-feira, kisses!