"Faremos promessas de nos encontrar mais vezes daquele dia em diante. Por fim, cada um vai para o seu lado para continuar a viver a sua vidinha isolada do passado...e nos perderemos no tempo... Por isso, fica aqui um pedido deste humilde amigo : não deixes que a vida passe em branco, e que pequenas adversidades sejam a causa de grandes tempestades... Eu poderia suportar, embora não sem dor, que tivessem morrido todos os meus amores...mas enlouqueceria se morressem todos os meus amigos !" - Vinicius de Moraes



sábado, 9 de abril de 2011

É preciso ponderar nossas atitudes

Longe de querer aconselhar alguém a alguma coisa , mas faz-se necessário refletir sobre cada atitude que tomamos em nossas vidas. Não temos como avaliar o quanto uma atitude ou decisão nossa pode intervir positiva ou negativamente na vida de alguém e mesmo na nossa , por isso , antes de decidirmos por qualquer coisa que seja , vale uma reflexão.


Quem me conhece sabe , que meu nome é impulsividade : primeiro eu faço , depois eu penso no que vai acontecer , sempre fui assim...Minhas amigas me dizem que enquanto eu não vou lá , enfio a cara , quebro a cabeça , eu não volto com a experiência validada.


Confesso que isso é a mais pura verdade ! Mas quando minhas atitudes dizem respeito a mim , ao que vai dentro , ao que implicará um resultado em minha vida e não de outra pessoa. Eu não reflito muito mesmo , não ... Vou lá e faço , de uma vez , encaro o que for , o que tiver de encarar ... Mas quando um outro está incluido nessa ação , quando há outra ou outras pessoas envolvidas , quando minha ação puder gerar alguns fatos nas vidas dessas outras pessoas , aí a coisa muda de figura e aí penso bem. Chego mesmo até a recuar , a desistir , se perceber que o resultado não será benéfico para elas ou se prejudicará uma parte , enfim , peso todos os prós e contras , os motivos e os imotivos de fazer ou não , de agir ou não. Não saio enfiando os pés pelas mãos...


É o que refletia ontem sobre a atitude desse rapaz na escola no Rio de Janeiro. Não estou aqui para fazer o papel da defesa ou tampouco da acusação , mas toda essa situação criada precisaria ter sido pensada , reavaliada , pesada. Por um sofrimento individual , por uma rejeição ou por uma discriminação que ele sofreu em certos momentos de sua vida (isto é fato) ele gerou agora um sofrimento muito maior do que o dele próprio. Gerou um trauma em milhares de pessoas , numa sociedade inteira e em pessoas que nada tinham participado dessa ação contra sua vida , ou seja , que nada tinham a ver com a agressão anteriormente sofrida por ele e que deva lhe ter perfurado a alma com marcas profundas ! Já paramos para pensar em quantas vezes damos a mão ao invés de acusar ?


Por outro lado , essa questão também importa muito a sociedade... Uma sociedade que julga , que xinga , que menospreza , que discrimina , que condena , que maltrata ! Nós , enquanto membros dessa sociedade , precisamos observar mais nossas atitudes. Observar mais como tratamos as pessoas , se as julgamos , se as discriminamos , se as rotulamos , se as taxamos de isso ou daquilo só porque elas não correspondem aos "modelos normais" que se enquadram no padrão social adequado. Somos sim , como o próprio deputado Bolsonaro , preconceituosos , racistas , e cheios de conclusões acerca daquelas pessoas que nos parecem "diferentes" ou fora dos nossos padrões e conceitos. Sempre temos um dedinho a apontar , sempre levantaremos uma bandeira a fim de defender algo , sempre recriminaremos alguém de alguma forma por considerarmos apenas o nosso próprio comportamento como politicamente correto (eu mesma ao julgar a atitude do rapaz me coloquei nessa situação de acusação...não há como negar !).


O que a humanidade precisa nesse momento é de maturidade , de consciência , de ponderação. E , principalmente , de mais amor em seu coração , de mais atitudes solidárias , de maior responsabilidade com o coletivo. Não há tempo para atitudes egoístas do tipo : salvar o meu e deixar o outro para trás. O tempo agora é de união , de darmos as mãos , de nos compadecermos e de lutarmos juntos para assim termos mais força , mais voz. Temos de nos preparar para o que vem pela frente , o futuro ainda trará esses resultados chocantes porque nós , em tempos remotos mas não tão distantes assim , fizemos a semeadura de tudo isso que chegará. Reflitam , meus amigos !

Um comentário:

dear sarah disse...

Minha amiga,
saudades de você, daqui, dos seus escritos.
E você como sempre arrasando né?
O título da postagem é simplesmente real,
temos que ponderar tudo que fazemos, pois isso gera uma ação em outro alguem.

Não devemos ser egoistas e sim pensar sempre no próximo, ter mais amor.

Vamos lutar!
beijinhos sua linda.