"Faremos promessas de nos encontrar mais vezes daquele dia em diante. Por fim, cada um vai para o seu lado para continuar a viver a sua vidinha isolada do passado...e nos perderemos no tempo... Por isso, fica aqui um pedido deste humilde amigo : não deixes que a vida passe em branco, e que pequenas adversidades sejam a causa de grandes tempestades... Eu poderia suportar, embora não sem dor, que tivessem morrido todos os meus amores...mas enlouqueceria se morressem todos os meus amigos !" - Vinicius de Moraes



sexta-feira, 25 de fevereiro de 2011

Diferenças entre os 20 e os 30 e poucos...

Aos 20 anos eu era bem diferente do que sou hoje. Não na essência , essa não desaparece , não também nos sonhos , esses sempre tiveram o mesmo teor , mas nas atitudes e no modo de encarar a vida .  Algumas coisas mudaram e, devo reconhecer que foi para melhor... Muito melhor do que imaginaria naquela época !


Confesso que sempre tive muito medo de envelhecer , de me tornar uma pessoa ranzinza , racional demais , avessa a aventuras , incoerente com meus desejos e aspirações e sempre dizia para mim mesma que construiria um coração de Peter Pan , daqueles que nunca quer envelhecer ou assumir os cabelos brancos. As rugas ainda não apareceram (ufa!) e os cabelos que começam a querer mudar de tom a gente também começa a mudá-los antes que eles o façam sozinhos...

Mas a vida , mais uma vez me surpreendeu e me fez ver que não é bem assim que as coisas acontecem. Mudamos sim , coisas mudam , fatos nos fazem mudar as direções e os rumos daquilo tudo que almejávamos aos 20 anos , mas o certo é que a nossa essência , o que trazemos de maior e de real em nós, isso nunca se perde com o tempo que passa e isso é incrível .

Quando olho para trás e percebo exatamente isso , todas essas dimensões exatas dentro de mim , acho pura magia da vida e é como se houvesse uma grande simbiose de mim com aquela que era no passado , mas que trago hoje aqui bem próxima , ao meu lado , todos os dias.


Minha amiga querida de Blog , a Borboleta no Casulo , me diz sempre que pareço uma louca , uma adolescente que nunca cresceu e confesso que me sinto assim muitas vezes , como se ainda não tivesse crescido , mas não é bem assim , porque cresci e posso ver muitas coisas hoje do lado de fora e de um modo bem diferente de como via aos 20 anos.

Aos 20 anos todos , ou pelo menos a grande maioria de todos os nossos problemas parecem não ter solução , parecem ser eternos ! Para a mulherada , pelo menos é assim , para os meninos já não posso dizer com convicção , mas para nós achamos que se não temos namorado hoje seremos infelizes o resto da vida , seremos encalhadas e ninguém nunca vai nos olhar na face da Terra. Se todas as nossas amigas têm namorado há algo de muito errado e de sério conosco que não temos ainda e é melhor buscar uma terapia ou passaremos o resto de nossos dias amargando em solidão. Casamento é uma das prioridades da vez e se não casarmos até os 25 anos não teremos mais chance , já estaremos passadas para isso. Nós acreditamos nisso e a sociedade também nos cobra e nos faz achar que é verdade.


Aos 30 pude observar que mesmo namorando por muito tempo , muitas das minhas amigas casaram antes de mim , mas isso não mais me preocupava e demorei muito mesmo a ter certeza de querer realmente dar o passo do casamento , que já não era mais uma prioridade na minha vida , tinha vontade de muitas outras coisas , mas acabei me casando e quando achava que seria aos 23 ou 24 , o casamento só chegou para mim aos 32 anos...Uau ! Como demorou , mas não percebi muito porque a vida tratou de me encantar com outras coisas pelo meio tempo. Hoje , batendo na porta dos 35 , já penso que poderia ter optado tranquilamente em não me casar , isso não mudaria em nada o meu status de felicidade e os meus planos de vida. Ter alguém junto é ótimo , sim , mas o casamento é bem difícil , a vida a dois demanda certos cuidados demais e confesso que já é bem difícil cuidar de um só , imagina dois e depois três ou quatro com a possível chegada dos filhos...

Aos 20 pensamos em ser todas as profissões possíveis e imagináveis, cursamos a faculdade achando que será o diploma dos sonhos que nos trará o emprego dos sonhos e nossas maiores realizações. Ok. Para muita gente isso acontece mesmo , mas dali há alguns anos , passamos a olhar para nós, para nossa profissão , para o que temos vivido e vamos amadurecendo a ideia de colocarmos em prática nosso plano B , em mudarmos de ofício e isso na maior tranquilidade. Coisa que aos 20 nem pensamos nessa possibilidade e ainda dizemos : ISOLA , nem pensar em deixar ao vento todos os anos que amargurei na faculdade me arriscando por aí, tô fora... Mas a vida nos mostra que não, que é possível mudar sim , que ela é cíclica e aceita qualquer transformação que resolvemos dar a ela...


São diferenças sutis e cruciais essas que ocorrem dos 20 aos 30 e poucos , espero que as próximas , dos 30 e poucos aos 40 e poucos sejam também assim , inesperadas mas suaves , mudanças nas atitudes e nos efeitos mas nunca na essência que sempre permanecerá , pelo menos para mim , na casa dos 20 e poucos... com um coração bem jovem , puro e louco , sonhador até o final como é esse o meu aqui. Não quero ser racional nunca, prefiro mil vezes todas as loucuras de minhas emoções e sou muito feliz assim ! E que a vida possa mudar sempre que for necessário e desde que seja para melhor como sempre é...

5 comentários:

O Divã Dellas disse...

Eita, Van!
Fui deslizando pelas suas idéias...
Que maravilha. Como já te falei, temos a mesma idade.
A casa dos 30 nos dá a segurança de que precisamos para fazer o que a gente quer, na hora que a gente quer e da forma que a gente quer.
Sou muito feliz assim.
PS: Ser mãe nessa fase é MARAVILHOSO!
O marido eu ainda não tenho, mas tenho o filho.
Beijo,
Cinthya
http://odivaadellas.blogspot.com

Borboleta no Casulo disse...

Vc pode até mudar...eu te permito rs, mas que nunca mude:
-sua essencia;
-sua coragem;
-sua determinação;
-seu jeito encantador;
-seu dom pela amizade;
- e seu jeito adolescente maluca de ser...pois foi desse modo q te conheci e vc pode ser madura o suficiente ( o q é mt e te admiro mt nisso tb e vc sabe) vc sempre vai ser minha amiga adolescente maluca rs.
Infelizmente a vida as vezes toma rumos q n espoeravams, cabe a nos apenas aceitar e tentar nos adquar a ela!!
Bjss te ado mttttt

Albuq disse...

Oi Van!

Menina, nem me fale dessa mudança. Eu mudei tanto, mas, prá melhor. Amadureci. bjsss

DÉIA disse...

Sua sumida estou esperando vc no meu cantinho la vc não aparece mais ...Bjus Déia

Will Lukazi disse...

ei vanvan marruá...

esta nossa vida é feita de ciclos. É necessário que saibamos qdo começam e qdo terminam, pois aó assim aproveitaremos e bem cada um deles.
Me lembro qdo eu tinha 16 anos e me achava velho...ô vontade de me bater...kkkkkk....

Eu voltei...rsrs


super beijo.