"Faremos promessas de nos encontrar mais vezes daquele dia em diante. Por fim, cada um vai para o seu lado para continuar a viver a sua vidinha isolada do passado...e nos perderemos no tempo... Por isso, fica aqui um pedido deste humilde amigo : não deixes que a vida passe em branco, e que pequenas adversidades sejam a causa de grandes tempestades... Eu poderia suportar, embora não sem dor, que tivessem morrido todos os meus amores...mas enlouqueceria se morressem todos os meus amigos !" - Vinicius de Moraes



quarta-feira, 20 de abril de 2011

Tentando Transformar

Frase comum , clichê , mas não há como ser outra : "O mundo dá voltas" e , algumas vezes , umas voltas tão complexas para conseguir chegar onde se deva chegar de fato. O mundo gira todos os dias , sem parada e nos coloca em locais extremos , diversos , inimagináveis se nos disséssemos deles há dias , meses ou há anos que passaram. Mas se se faz necessária toda essa mudança , é preciso encará-la , independentemente da dor que nos traga ou do sofrimento que nos imprima.


A época é mais do que propícia para que o mundo , em suas voltas , nos aponte a bússola a outra direção , ainda desconhecida , meio desnorteada , mas que nos impele uma senhora transformação interna , uma realidade bem diversa da que esperaríamos há algum tempo e vem bem a calhar , porque Páscoa tem a ver com transformação e pode tornar-se então , algo paupável e plausível de se acontecer. Se precisamos mudar alguma coisa , a hora é agora , o momento chave é esse , hoje e não amanhã e , algumas modificações impelem certa urgência , não devem mais esperar !


Por vezes na vida podemos nos encontrar tentando transformar o mais nobre dos sentimentos , tentando transformar a mais pura das emoções e isso , confesso , é uma tarefa árdua , que requer quilates de suor e empenho guerrilheiro todos os dias , com vigílias intermináveis aos mínimos gestos e aos resquícios de sentimento que sempre assolam as mentes mais incautas. Transformar um amor em fraternidade ou em amor incondicional é mexer com matéria rarefeita e tentar , na alquimia de novos valores , transformá-la em matéria concreta , densa. Não é para qualquer um , tem de ser alquimista de primeira linhagem.


Mas observa-se necessária essa mudança , uma vez que o amor requer habilidade e cuidado , atenção e reciprocidade e , convenhamos , viver de amor platônico , nos dias atuais , nem Freud explica em sua mais longa tese que pudesse querer defender. O lado bom do amor deve ser mesmo recíproco e , se não há meios de como fazer isso , transforme , condense a energia e transmute ao amor incondicional. Oras , tarefa fácil ? Imagino que não ! Imagino que se exija dor , esforço , raça , coragem , transposição de limites , coração de aço , nervos em guarda e muita , mas muita determinação e disciplina.


Acredito que a recompensa deva ser válida ao final , acredito que muito do próprio eu , da auto-estima , do valor essencial possa ser recuperado no empenho dessa tarefa. Não há fórmula pronta para isso , nem nenhuma receita de bolo. Cada um sabe o caminho melhor para obter isso e deixar de sofrer sonhando com um amor que não vem , sonhando com um amor que não chega. O negócio é seguir e nunca deixar de acreditar que exista , é só deixar a intuição tentar guiar o caminho e lhe mostrar onde encontrar o amor tão sonhado e verdadeiro , real e idealizado , longe dos hemisférios dos sonhos que nos enfeitam tanto , mas que também costumam nos dar os maiores tombos e causar as maiores feridas. Vamos juntá-las pois , essas cicatrizes que herdamos são essências do nosso amadurecimento e crescimento pessoal.  E o mais importante é que a vida continua.

3 comentários:

Thaise disse...

"Algumas pessoas tem medo de mudanças, eu tenho medo que as coisas nunca mudem." Adorei, um abração!

sarah disse...

CONCORDO PLENAMENTE!

O mundo dá voltas e a vida continua..
cara sou tua fã, tava morrendo de saudades daqui, hihi


relaxe mais minha menina, viva a vida assim como ela te apresentar os problemas e as coisas boas =)
no final tu tira de letra.

O Divã Dellas disse...

... A vida continua,
O mundo gira,
Tudo se transforma.
E nós somos o fruto de tudo isso!

Beijos, Van.
Cinthya

http://odivaadellas.blogspot.com