"Faremos promessas de nos encontrar mais vezes daquele dia em diante. Por fim, cada um vai para o seu lado para continuar a viver a sua vidinha isolada do passado...e nos perderemos no tempo... Por isso, fica aqui um pedido deste humilde amigo : não deixes que a vida passe em branco, e que pequenas adversidades sejam a causa de grandes tempestades... Eu poderia suportar, embora não sem dor, que tivessem morrido todos os meus amores...mas enlouqueceria se morressem todos os meus amigos !" - Vinicius de Moraes



sexta-feira, 20 de maio de 2011

Escrevendo

Escrever é uma terapia , um renascimento de minha própria vida através das minhas palavras. A inspiração brota do desejo de colocar concretamente os sentidos que me levam a viver todos os dias. Escrever é a tradução da minha alma.

Escrever é aquilo que me provoca e me desafia , porque faz com que eu descubra inúmeras formas de se dizer as mesmas coisas mas de modo absolutamente diverso a cada vez que digo , inventando novos parágrafos , acrescentando novas ideias , relatando novos fatos , agregando outras coisas e complementando sempre o que está descrito ali em cada novo trecho.


Desde que iniciei o Blog nunca tive nenhuma pretensão de atingir certo público , a intenção era de apenas estar aqui na maior quantidade de dias possíveis , tentar registrar a vida de uma forma toda minha , particular. E assim sigo meus dias e me dá prazer a cada volta. E mais ainda quando cada volta traz os comentários de amigos queridos , amigos que lêem por aqui , amigos que seguem de longa data , que acompanham essa voz muda que sai do silêncio das minhas teclas e ecoa pelo mundo à fora.

Esse escrever diário atravessou fronteiras de Estados e de Países e tenho amigos por todos os recantos , que compartilham de meus pensamentos , de meus dissabores , de meus momentos felizes , compartilham a cada dia de minha vida , de um modo muito gratificante.


Escrevo em primeiro lugar para mim , mas quando vejo que aquilo toca alguém e essa pessoa se identifica com o texto , isso realmente me deixa mais feliz , porque é uma felicidade compartilhada e grande parte do doce da vida esconde-se nesses momentos de compartilhamento que encontramos ao longo do caminho. Sempre espero que mais pessoas se identifiquem com meus escritos , porque assim sei que nossas almas partilham de uma suave comunhão em verbos e conteúdos , em coração e pensamento , unidos pela extensão destas palavras que aqui registro com todo carinho.

2 comentários:

C :-) disse...

Sempre digo e repito, ler blogs para mim, vai muito além do ler o blog. Leio vidas. Releio minha história de vida quando leio muitos de vocês, e tento transformar a minha vida.
Muito mais que ler a vida, é saber escrevê-la e reescrevê-la sempre que necessário, mesmo não sendo uma tarefa fácil. E eu adoro lê-la Van!

* A tua nova seguidora sou eu também, com o nick do outro cafofo rss

C. disse...

Van, essa aqui de cima sou eu também :-)