"Faremos promessas de nos encontrar mais vezes daquele dia em diante. Por fim, cada um vai para o seu lado para continuar a viver a sua vidinha isolada do passado...e nos perderemos no tempo... Por isso, fica aqui um pedido deste humilde amigo : não deixes que a vida passe em branco, e que pequenas adversidades sejam a causa de grandes tempestades... Eu poderia suportar, embora não sem dor, que tivessem morrido todos os meus amores...mas enlouqueceria se morressem todos os meus amigos !" - Vinicius de Moraes



sexta-feira, 12 de agosto de 2011

Ilusões...um dia elas também passam

Algumas vezes criamos cenários de ilusões em nossas vidas , cenários perfeitos , cheios de detalhes , em que podemos enxergar as luzes e as cores de todas as situações que desejamos tanto viver. Criamos também personagens no seio dessas ilusões e desenhamos os enredos das histórias mais incríveis , nos desprendemos de nossa realidade material e passamos a habitar um mundo de sonho e fantasia e , de tão real criamos ali suas essências que este passa a ser presente e fixo em nosso quadro mental e vivemos ali ao redor , num desejo intenso de que aquilo tudo seja verdade e que nunca se acabe.

Mas , como tudo nessa vida é passageiro , inclusive as dores e as felicidades , um cenário assim ilusório e irreal construído por sobre uma nuvem de sonhos e imaterialidade , também não se sustenta sozinho , não garante a eternidade e não se transforma por encanto e, um belo dia , ele se desfaz. E com ele se desfazem as histórias , suas dores , seus momentos criados , seus sonhos tão suave e romanticamente idealizados.


Desmancham-se também os perifs criados (e tão acreditados , alimentados) , esvaem-se os personagens criados que participaram tão bravamente do enredo literato. E como sobreviver ao fim da ilusão ? Como continuar a seguir depois que a dor se transforma em nada ? Como olhar e não ver mais sentido naquelas coisas que ficaram no passado ?


Assim como condicionamos a mente a acreditar que tudo era real o que se deve no momento do fim da ilusão é perceber que a vida real está ali , bem ao lado , bem à margem passando por nossos olhos e aguardando nosso salto verdadeiro. Devemos ainda agradecer por nos soltarmos das amarras fantasiosas de emoções inexistentes e por podermos enxergar limpidamente o futuro que nos aguarda firme ali , bem à frente. É só não pensar mais , é só desprender , é como fechar o livro e encerrar uma história e estender a mão e alcançar novo livro com as páginas ainda a serem escritas , é só acreditar que se cresceu após imaginar o que já foi sem nunca ter sido e acreditar que o mundo perfeito está ali , logo ali , aguardando por todas as nossas ações dessa vez pautadas de realidade e verdade.

3 comentários:

C. disse...

"Enganoso é o coração, mais do que todas as coisas". (Jeremias 17:9)

Quando nos deixamos direcionar apenas pelo coracao, a grande tendência é a ilusao ser a construcao idealizada mais perfeita, assim eu penso, e em qualquer caso. A gente fica tao cega, que nao consegue enxergar a realidade, o sonho vai sendo alimentado de um jeito que nao se consegue mais tomar decisoes, e daí, nao raro vem a decepcao, ilusao, sei lá.
Acordar de uma ilusao dessas é muito duro, porque nos coloca de cara com o "será que nao posso acreditar mais em nada/ninguém?"

Que a gente tenha forca pra nunca sair se iludindo, e pra isso que nossas bases de carinho estejam sempre bem sustentadas né, miguita.

Linda sexta aí, aqui hoje milagrosamente tem sol e calor. Bom mesmo, já que o verao logo acaba.

Lena disse...

Van
Viver iludido é talvez uma das piores coisas que pode acontecer a um pensante. Quando a escada lhe é retirada, o tombo costuma ser muito feio. Belo texto!Bjkas com muito carinho!Um sábado iluminado pra você!!!

Culto Diferente disse...

Olá...sou do Grupo no Face BBB e resolvi fazer essa visitinha. Gostei MUITO, parabéns!

Sobre o texto, acredito que o ser humano necessita da ilusão, se não fosse assim, não teríamos tantos livros, filmes, estórias, mitos...ela faz parte das nossas vidas desde a infancia, faz parte da nossa formação. O problema é quando deixamos de viver a realidade, para viver na ilusão ou fantasia, como criar uma "Matrix" (analogia ao filme) para fugir da sua realidade.

Precisamos ser adultos e encarar o fato que nem tudo será um mar de rosas, e se for, temos que lembrar que apesar de lindas, elas possuem espinhos.

Abraço